segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Poesia... Uma expressão daquilo que nos sufoca!


SOS

tem gente morrendo de medo
tem gente morrendo de esquistossomose
tem gente morrendo de hepatite meningite sifilite
tem gente morrendo de fome
tem muita gente morrendo por muitas causas

nós que não somos médicos psiquiatras
nem ao menos bons cristãos
nos dedicamos a salvar pessoas
que como nós
sofrem de um mal misterioso: o sufoco
(Chacal)

Esse poema de Chacal, poeta carioca, grande expressão da poesia da década de 70, período
da ditadura militar no Brasil, fala forte dentro de nós. A poesia é isso: o sufoco!! O que nos sufoca?

11 comentários:

  1. super interessante esse poema
    adorei viu :)

    ResponderExcluir
  2. Que bom!
    De que você gostou?
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. achei interessante, mas não é muito "negro" não professora?

    karolyne estrela - 9 ano c

    ResponderExcluir
  4. Adorei professora mas eu achei muito triste e muito negro pois fala muito das coisas ruins da vida que nós sofremos até hoje acho que é isso que eu mais gostei o fato de ele ser muito atual porque todos nós tememos as coisas ruins amei muito criativo da sua parte professora.
    por:Tatianne Matos 9º ano F nº43

    ResponderExcluir
  5. O poema é bem inquietante, pois mostra as várias causas de mortes das pessoas, na época sufocadas pela ditadura militar, onde o governo não se importava com a população.

    Mariana Diniz - 9°ano E

    ResponderExcluir
  6. muito interessante, mas é um pouco repetitivo, não?

    juliam Leite 9 ano C

    ResponderExcluir
  7. Fico feliz de vocês estarem gostando de ler os poemas. Eu estou adorando partilhar com vocês essas leituras.
    Quanto à repetição, ela é um recurso provocador de sentidos!
    Qual o sentido dessa repetição?
    O que você acha, Juliam?
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  8. O poema relata sobre acontecimentos sombrios, apesar de tudo representa a realidade da sociedade. Interessante também o fato do autor citar que todos nós temos este problem do "sufoco". Acho que ele utiliza esse recurso de repetição para enfatizar que muitas pessoas morrem de diferentes motivos.

    Leonilson Lins, 9º ano E

    ResponderExcluir
  9. É um poema que denuncia a falta de liberdade de expressão na época da ditadura, relatando o sufoco que a população sofria. O que mais me impressiona nesta poesia é a comparação de medo com doenças graves; e dos poetas e compositores que lutavam contra a ditadura com médicos.
    Se estiver errado me corrija professora!
    Caio Rommel - 9°E

    ResponderExcluir
  10. É isso mesmo, Caio. O poeta e a poesia aparecem aqui como formas de cura, percebeu?
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  11. Poema muito interessante,
    ele compara doenças e problemas humanos com o sufoco da ditadura.A impressao que dá é que as doenças nao sao nada em comparaçao com o sufoco e a tortura da ditadura.

    Humberto 9G

    ResponderExcluir